Mesa redonda do CONEX debate possibilidades para a extensão

Enviado por ascom em Qua, 23/11/2022 - 23:09

A criação de sinergias entre as instituições de ensino na região e a criação de um fórum territorial para a discussão da extensão foram dois dos principais direcionamentos da mesa redonda que ocorreu nesta quarta-feira (23/11) dentro da programação do CONEX. O evento que teve como título "Perspectivas e Desafios da Extensão no Agreste Meridional" contou com a participação do Pró-reitor de Extensão e Cultura da UFAPE, prof. Marcos Pinheiro Franque, o prof. Igor Monteiro, coordenador de Extensão da Universidade de Pernambuco (UPE) em Garanhuns, a prof.ª Edvania Kehrle Bezerra, chefe da Divisão de Extensão do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE - Garanhuns) e o prof. Ricardo Oliveira, diretor do Departamento de Pesquisa e Extensão da Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns (AESGA).


    Um dos grandes desafios históricos da extensão, na visão da prof.ª Edvânia Bezerra, é ser compreendida como uma face indissociável do ensino no processo de formação e aprendizagem. “É a ampliação da sala de aula. Extensão é vida real. Quando começamos, nos apaixonamos e não paramos mais”.


    O professor Ricardo Oliveira destacou a importância do registro das atividades de extensão como forma de construção e consolidação da identidade territorial. Também destacou a necessidade de uma maior troca de experiências entre as instituições no sentido de agregar e unir forças para a construção e efetivação de ações extensionistas com maior impacto na sociedade. Em sua fala, o prof. Igor Monteiro mostrou um pouco da atuação da UPE no território e ressaltou também a questão das parcerias.


    Por fim, o prof. Marcos Franque citou a importância da criação de um Fórum de Extensão na região para facilitar o diálogo e a construção de ações de extensão  interinstitucionais no território, bem como a criação de um ambiente que viabilize as parcerias com empresas privadas e a captação de recursos. “Precisamos construir coletivamente um ambiente permanente de fortalecimento da extensão na região, com o planejamento de ações de curto, médio e longo prazos”, afirmou.