Dissertation Writing service Buy Dissertation Online essay writing service cheap essay writing
bayan escort gorukle escort
escort bayan gorukle escort
Projetos de extensão - 2020 | UNIVERSIDADE FEDERAL DO AGRESTE DE PERNAMBUCO
 

Projetos de extensão - 2020

Projetos de extensão aprovados em 2020
 

Título: Produção Sustentável, Alimentos Saudáveis
Descrição: A capacitação em princípios voltados para a agroecologia é uma estratégia fundamental no processo de divulgação e consolidação de práticas que busquem o desenvolvimento rural sustentável. O presente projeto tem como objetivo formar agricultores familiares, técnicos de organizações e discentes da UFAPE/UFRPE, com a realização de oficinas e palestras em diversos municípios do Agreste Meridional de Pernambuco, beneficiando as comunidades onde o mesmo se encontram, para que o conhecimento adquirido possa auxiliar na organização das unidades de produção familiares, de forma a trazer melhorias sócias para as comunidades onde as mesmas se encontram. Também formar e informar os beneficiados acerca da garantia de procedência de alimentos de origem de sistemas agroecológicos implantados em unidades de produção agroecológicas. Com o intuito de possibilitar a melhoria socioeconômica das comunidades atendidas serão abordados temas relacionados a produção animal e vegetal, como também medidas para aproveitamento dos insumos disponíveis nas propriedades, assim possibilitando um sistema de produção com o mínimo de resíduos. Para a comunidade acadêmica a realização de oficinas, possibilitará ampliação  e, em alguns momentos, a introdução do conhecimento sobre os sistemas de base agroecológica, além de proporcionar aos participantes a interação com a realidade da agricultura familiar local, o contato dos  futuros profissionais das áreas que estarão em contato direto com unidades de produção familiares é de suma importância para o entendimento dos sistemas de produção em todo seu contexto socioeconômico e cultural.  
Coordenador: Luciano Pires de Andrade

Título: Projeto amigo especial
Descrição: Crianças com deficiência têm uma rotina de atividades bastante intensa, que variam desde aulas até tratamentos médicos, fisioterapêuticos e fonoaudiológicos. Muitas vezes, a evolução da criança nessas atividades é lenta e trabalhosa, causando tensão, cansaço e estresse para o sujeito, bem como para seus responsáveis.   A intervenção assistida por animais (IAA) se dá em diferentes níveis, podendo envolver terapia, requerendo profissionais especializados nas áreas-alvo da terapia, ou pode envolver atividades, o que amplia o leque de participantes, tendo como foco a promoção do bem-estar dos indivíduos-alvo da ação, sendo esta última, o escopa da presente ação.  O Projeto Amigo Especial visa atender aos alunos e/ou pacientes atendidos na APAE-Garanhuns, através de visitas quinzenais em que as crianças terão a oportunidade de interagir com os animais (cães, gatos e aves, como calopsitas) através de atividades de reconhecimento das espécies, raças, sexo e nomes dos animais envolvidos na ação, possibilidade de interagir diretamente com o animais através do toque, promovido por meio do afago, escovação dos pelos, fornecimento de petiscos e através de brincadeiras,  utilizando bolinhas ou outros objetos que favoreçam a atividade lúdica.  A interação homem-animal tem promovido benefícios em níveis comportamentais e orgânicos comprovadamente, tendo sido amplamente utilizada para auxílio a indivíduos idosos, esquizofrênicos ou com quadros graves de depressão, bem como para pessoas com deficiência.  Assim, espera-se que as atividades assistidas por animais (AAA) promovam melhoras significativas no bem-estar das crianças, responsáveis e profissionais envolvidos, bem como aproxime os saberes desenvolvidos e adquiridos no âmbito da universidade à comunidade.
Coordenador: Denise Fontana Figueiredo Lima

Título: A CIDADE E O CIDADÃO – Capacitando membros de conselhos municipais em Garanhuns. O COMUD.
Descrição:  Com os resultados PIBIC 2016-2017 e dos projetos de extensão BEXT 2018 e BEXT 2019, quando se verificou a relação entre a realidade dos lugares da cidade e o conhecimento da legislação urbanística que os disciplinam e surgiu a ideia de estimular as pessoas a se tornarem sujeitos ativos na participação das decisões enquanto jovens de escolas públicas locais e, posteriormente, membros de conselhos, associações, entre outros tipos de representação social, concluiu-se pela necessidade de trabalhar individualmente cada conselho, capacitando seus membros titulares e suplentes, além da presidência e secretaria para melhor desempenharem suas funções. Mais que isso, na construção de uma cidade mais justa, minimizando os diversos problemas encontrados no cotidiano como padrão de ocupação dos espaços. A partir desse entendimento é que se pretende desenvolver este projeto. Para tanto, como metodologia serão adotadas as seguintes abordagens: (1) definição, tipologia e caracterização de conselhos setoriais; (2) legislação que regulamenta um conselho; (3) participação das pessoas enquanto membros do conselho; (4) Direitos e deveres de um membro de um conselho; e, (5) responsabilidade social de um membro titular e suplente de um conselho. Assim, espera-se promover o pensar e o repensar a forma de participar e de atuar de um membro titular e suplente de um membro titular e suplente de um conselho, com foco no exercício de cidadania, de atividades de melhoria do ambiente de acordo com os objetivos do conselho, levando-o a se perceber como contribuinte nas decisões para o desenvolvimento de uma sociedade mais justa.
Coordenador: Maria do Carmo de Albuquerque Braga

Título: Universidade de portas abertas: museu de ciência animal
Descrição: Anatomia é a ciência que estuda os corpos humanos e animais e, que ao longo do tempo inspirou a curiosidade do homem em buscar o conhecimento no cadáver para entender o funcionamento do animal vivo. Esses conhecimentos anatômicos, são importantes, e servem de base para vários cursos da área de Saúde e Ciências Agrárias. Porém, grande parte desse conhecimento construído, se encontra restrito as IES. Esse projeto tem o objetivo trazer a sociedade para conhecer o Museu de Ciência Animal, e disseminar durante as visitas, o conhecimento gerado. Para isso, serão realizados levantamentos junto as coordenações das instituições de ensino, sejam elas escolas municipais ou estaduais de Ensino Fundamental e médio, escolas técnicas e outras Instituições de Ensino Superior. As necessidades diagnosticadas junto às instituições de ensino, serão levadas a equipe de trabalho, formada por docentes e discente da Área de Anatomia Animal para a elaboração e organização das atividades, como preparação para a recepção do público durante as visitas. A partir dessa fase, os discentes de graduação em Medicina Veterinária e Zootecnia, serão treinados para as atividades das palestras e visita ao Museu de Ciência Animal. Dessa forma incrementando conhecimento na formação desses alunos e docentes na área de Anatomia Animal, e despertando o interesse deles no ensino, pesquisa e extensão. Desta forma o Museu de Ciência Animal atende as mais distintas áreas de atuação das Ciências Agrárias e contribui para a formação destes profissionais, além de contribuir com as disciplinas de ensino fundamental, médio, técnico e superior.
Coordenador: Emanuela Polimeni de Mesquita

Título: Diga não ao câncer em PETs - Prevenção do Câncer em Cães e Gatos
Descrição:  A oncologia veterinária é uma especialidade que tem crescido muito nos dias atuais. O investimento em pesquisas realizadas na área e o aumento dos recursos nas clínicas e hospitais veterinários otimizaram as opções de tratamento nos animais de companhia. É de suma importância estudar, aprimorar e divulgar medidas que previnam os quadros mais malignos de neoplasias. Em cães de países desenvolvidos o câncer é a principal causa de óbitos. Já no Brasil, as neoplasias estão em segundo lugar como causa de morte em animais e, em primeiro lugar no caso de cães idosos. A prevenção do câncer nos animais de companhia é fundamental para que haja uma diminuição do número de mortes por essas doenças, pois a detecção precoce aumenta as chances de cura. Portanto é importante que haja uma conscientização da população sobre as formas da detecção precoce da doença e demais procedimentos que possam evitar o desenvolvimento do câncer. O objetivo deste projeto é conscientizar a população sobre a importância do câncer nos animais enfatizando a prevenção nos animais atendidos no HVU–UAG, clínicas e consultórios particulares e a comunidade. Sendo assim, serão realizadas ações onde será esclarecido formas de prevenção de câncer em cães e gatos, os fatores que podem predispor esta patologia e diagnóstico. Para tanto, podemos citar o câncer de mama, câncer de próstata, tumores de pele, linfoma, câncer no aparelho reprodutor do macho e da fêmea. As campanhas de prevenção, serão realizadas no decorrer do ano, dividindo-se em meses temáticos, referentes aos cães e gatos.
Coordenador: Nair Silva Cavalcanti de Lira

Título: Orientação de profissionais envolvidos com o abate de bovinos da microrregião de Garanhuns sobre a importância da adoção de práticas de bem estar animal no manejo pré-abate e abate humanitário sobre a qualidade da carne
Descrição: Este projeto visa diagnosticar as principais falhas no manejo pré-abate, sensibilizar e orientar os profissionais da microrregião de Garanhuns-PE direta ou indiretamente ligados ao abate de bovinos, sobre a importância da adoção de práticas de bem estar animal no manejo pré-abate e abate humanitário sobre a qualidade final da carne e, consequentemente, as perdas decorrentes de tais falhas. Neste sentido, a proposta foi dividida em duas etapas. A primeira voltada à pesquisa diagnóstica e a segunda à atividade extensionista propriamente dita. A parte diagnóstica será realizada a partir da elaboração e aplicação de formulários específicos capazes de detectar as falhas e problemas encontrados nos abatedouros da região estudada, identificando as principais falhas no transporte de bovinos até os abatedouros da microrregião de Garanhuns, os fatores estressante que comprometam o bem estar animal, falhas estruturais e práticas agressivas que favorecem a ocorrência de lesões, a frequência de ocorrência de perdas decorrentes de falhas no manejo pré-abate. A segunda etapa estará voltada à sensibilização e orientação dos profissionais direta e indiretamente ligados ao abate de bovinos, sobre práticas de bem estar animal no pré-abate e sobre o emprego das técnicas para o abate humanitário e orientá-los sobre a importância do serviço de inspeção oficial realizado pelo Médico Veterinário nos estabelecimentos de abate. Pro fim, espera-se a obtenção de dados, que serão transformados em informações para uso das autoridades competentes, em prol de melhorias para o tratamento dos bovinos, com consequente melhora na qualidade da carne e promoção da saúde dos consumidores.
Coordenador: Marcos Pinheiro Franque

Título: Sistema integrado como forma de divulgação da UFAPE
Descrição: A Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (UFAPE) teve origem no ano de 2018 a partir da Lei Nº 13.651 de 11 de abril de 2018. No dia 12 de dezembro de 2019 o Ministério da Educação (MEC) deu a posse como reitor da UFAPE ao professor Airon Aparecido Silva de Melo marcando assim o início das atividades como instituição. A nova universidade que partiu da emancipação da Unidade Acadêmica de Garanhuns (UAG) contará com um investimento de R$121 milhões e prever a criação de novos cursos para atender as necessidades da população local. Devido a implantação da UFAPE ser uma conquista recente, muitas dúvidas ainda estão em aberto sobre como esta instituição atenderá ao público. Devido a isso, é interessante que se tenha um mecanismo claro e acessível para o público em geral no qual se possa obter informações atualizadas sobre todo o processo de mudança que está ocorrendo. Este projeto visa a criação de um aplicativo para celular no qual a comunidade acadêmica e a comunidade extramuros possam receber informações sobre a implantação da UFAPE, possibilitando assim que o público em geral possa acompanhar, opinar e sugerir nas mudanças que ocorrerão. Além de servir de plataforma de informação, a ferramenta servirá de ponte entre a comunidade acadêmica e os anseios da sociedade no que tange a contribuição do público extramuros sobre qual tipo de universidade é desejada. Dessa forma, espera-se que o projeto contribua para aproximar a comunidade local dos acontecimentos da nova universidade.
Coordenador: Thibério Pinho Costa Souza

Título: Produção de geleia no quilombo
Descrição: A população quilombola sobrevive basicamente através da agricultura produzida na propriedade onde vivem e sua posterior comercialização. Porém, os produtos que crescem na região são poucos, baixando assim o valor de sua comercialização, sendo o lucro muito baixo. Há muitas dificuldades enfrentadas pelas comunidades remanescentes quilombolas, como a distância da cidade, a dificuldade de obter produtos, escassez de água, além da dificuldade de conseguir emprego e assim se sustentar. Uma forma de obter renda e utilizar os produtos produzidos pela própria comunidade quilombola é através da produção e comercialização de produtos diferenciados, que além de possibilitar o estímulo à criatividade, também é uma forma de obter uma renda extra e ajudar nas despesas de casa. A produção de geleias é relativamente simples e requer baixo investimento, pois utiliza ingredientes de baixo custo, além de ser um produto de alto valor agregado. É possível produzir geleias de diversas frutas ou até mesmo geleias mistas utilizando mais de uma fruta, sendo uma forma aproveitar a produção regional, valorizando essas frutas, e agregando valor às mesmas. Ensinar a comunidade quilombola a produzir geleias e comercializá-las utilizando seus próprios frutos é uma forma de gerar renda para a população através de sua comercialização, agregar valor ao fruto utilizado como matéria-prima, levar conhecimento à população que dificilmente terá acesso a essa informação de outra forma, tornando assim este projeto de extensão promissor.
Coordenador: Romero Luiz Mendonça Sales Filho

Título: Dicas Agroveterinárias e Ambientais: o rádio na divulgação e popularização da ciência da UFAPE 
Descrição: Devido às necessidades do homem do campo referente às situações de dificuldades na prevenção de situações agroveterinárias e ambientais é que se esse projeto se propõe a auxiliá-lo de forma simples, com uma linguagem acessível, popularizada, através da veiculação em rádio de áudios com dicas agroveterinárias e ambientais. Para compor tais áudios (tipo spot), serão consultados docentes e discentes dos cursos de Medicina Veterinária, Agronomia e Zootecnia (e outros) da UFAPE, bem como os próprios produtores rurais da região para obtenção de certa demanda de suas problemáticas. Após estudos e consultas acadêmicas, serão elaborados textos técnicos sobre cada tema (problema) e, logo depois, transformados em narrativas com uma linguagem popularizada. As narrativas serão gravadas e os áudios submetidos à veiculação em programa de rádio com foco no homem do campo. Desta forma, entende-se que a UFAPE contribuirá com o desenvolvimento rural sustentável através da popularização da ciência desenvolvida na Instituição e de sua divulgação. Ademais, com este projeto, a presença constante em rádio fará da UFAPE ser (re)conhecida pela população do Agreste de Pernambuco. 
Coordenador: Lucilene Simões Mattos 

Título: Anjos de patas: atividade assistida por animais para idosos institucionalizados
Descrição: Nas últimas décadas, com o aumento da expectativa de vida humana, doenças crônico-degenerativas incapacitantes tem sido um grande problema para os idosos e seus familiares pelo grau considerável de dependência na senilidade. Por diversos motivos, na incapacidade das famílias em proverem condições adequadas de cuidados ao idoso, a institucionalização passa a ser o único recurso por propiciar cuidados constantes dos quais necessitam. Porém, este processo de ruptura familiar e a perda da autonomia são processos dolorosos que podem proporcionar quadros de ansiedade, angústia, depressão e desistência da vida. Como recurso de minimizar estes efeitos, as Atividade Assistidas por Animais (AAA) tem sido uma grande aliada. O objetivo da AAA é o de proporcionar melhorias na socialização e autonomia das pessoas assistidas, no caso aqui, de idosos. O cão, por sua vez, é considerado o melhor dos animais para AAA por sua sociabilidade e pelas evidências, cientificamente comprovadas, de que esta relação desenvolve no idoso sentimentos positivos, trocas de afeto e sensação de conforto e bem-estar. Assim, torna-se importante ter um olhar especial para o desenvolvimento de programas e projetos que apoiem instituições que abrigam idosos dependentes. Em Garanhuns (PE) há o “Abrigo São Vicente de Paulo” que é uma associação civil e filantrópica que abriga cerca de 80 idosas com os mais variados graus de dependência. Conhecendo as necessidades e realidades dos abrigos e de seus residentes, este projeto se propõe a aplicar a AAA no Abrigo São Vicente de Paulo, em Garanhuns (PE), tendo os cães como instrumentos motivacionais.
Coordenador: Marcos Renato Franzosi Mattos

Título: O método experimental como estratégia facilitadora na aprendizagem significativa do ensino de botânica
Descrição: A essência da atividade experimental é permitir aos estudantes atingirem uma maior autonomia intelectual. As metodologias de caráter experimental contribuem para que o professor deixe de impor ao estudante o seu conhecimento e passe a ajuda-lo a crescer como cidadão e a desafiá-lo a buscar o saber científico como uma conquista pessoal. Objetivando contribuir com estratégias que tornem o ensino de Botânica, atraente e estimulante, este projeto, terá como foco principal a germinação de sementes como estratégia facilitadora da aprendizagem significativa. Acredita-se que com essa contribuição, a estrutura cognitiva do aluno, fique fortalecida e o levará a facilitar a aquisição e a retenção de significados dos novos conhecimentos tendendo a facilitar e promover a aprendizagem significativa. O projeto será desenvolvido na Escola com os alunos do oitavo ano do ensino fundamental. O desenvolvimento metodológico se dará em três momentos a seguir: (i) Elaboração do pré-teste com 5 questões abertas; (ii) Elaboração da sequência didática de ensino; (iii) Experimentações; (iv) Aplicação do pós-teste com as mesmas questões do pré-teste. A análise dos dados será realizada à luz da teoria da aprendizagem significativa.
Coordenador: Josabete Salgueiro Bezerra Carvalho

Título: Educação para promoção da saúde pública: do controle populacional ao bem-estar 
Descrição: Devido à falta de informação da população sobre a importância do controle populacional e conceitos relacionados ao bem-estar animal, assim como a posse responsável, busca-se realizar uma interação entre comunidade acadêmica e população em geral, incluindo alunos de escola de educação infantil, envolvendo-os de forma didática e interativa sobre a temática citada. Objetiva-se agregar ao conhecimento desses alunos e da população carente a importância da vermifugação, vacinação, acompanhamento veterinário, pratica de exercícios, castração, bem-estar e cuidados com doenças de potencial zoonótico, respeitando suas necessidades básicas. Com o propósito de mostrar a importância da promoção da saúde animal para a sociedade como um todo, o projeto “Educação para promoção da saúde: do controle populacional ao bem-estar” pretende estender a prática de ensino e pesquisa para além das salas de aulas, com visitas as associações de bairros no município de Garanhuns - PE.
Coordenador: Sílvia Elaine Rodolfo de Sá Lorena

Título: Autômato Play
Descrição: A Computação desempenha um papel crucial na atualidade. Não obstante existe uma enorme carência de profissionais na área. Um dos motivos desta falta de pessoal é a alta evasão nos cursos da área. Muito estudantes abandonam o curso por que encontram uma grande barreira nas disciplinas com viés matemático. Uma dessas disciplinas é a Teoria da Computação. A presente proposta planeja construir um aplicativo para dispositivos móveis Android na forma de um jogo. Tal jogo vai abordar conteúdo da Teoria da Computação, em particular Autômatos Finitos e tópicos relacionados. Inicialmente o jogo será avaliado em turmas de ensino superior, nas disciplinas relacionadas. Mas o aplicativo ficará disponível para todo o mundo através da loja de aplicativos Google Play. Espera-se que o jogo sirva de motivação para os estudantes da disciplina Teoria da Computação e que possa auxiliar as atividades didáticas do docente. Embora o público alvo seja o estudante de nível superior nas áreas relacionada a Computação, não exclui-se a possibilidade de que este jogo possa atrair o interesse de outras pessoas, por exemplo, estudantes do nível médio que podem ser atraídos a um curso superior nas áreas relacionadas a Computação.
Coordenador: Tiago Buarque Assunção de Carvalho

Título: Capacitação de pequenos produtores do município de Garanhuns/PE sobre o controle de doenças umbilicais em bezerros
Descrição:A realização do manejo adequado com os bezerros em seus primeiros dias de vida é de extrema importância para a produtividade do rebanho, evitando que haja o aparecimento de doenças que possam comprometer toda a produção e que podem acarretar perdas econômicas. Grande parte deste manejo neonatal envolve o manejo do coto umbilical, e consequentemente a ocorrência de doenças focais e sistêmicas. No município de Garanhuns – PE não existem ações para a capacitação de pequenos produtores quanto à questão dos bezerros, o que ocasiona no aparecimento destas doenças que interferem diretamente na economia destes produtores, que dependem da pecuária leiteira. O projeto tem como objetivo capacitar pequenos bovinocultores leiteiros do município de Garanhuns/PE para a prevenção de onfalopatias em bezerros neonatos.. Serão realizadas visitas às propriedades de exploração leiteira, analisando o manejo adotado e caso o problema seja detectado os animais serão avaliados clinicamente, amostras de sangue e amostras das secreções umbilicais serão coletadas para testes laboratoriais visando relatar o estado de saúde dos animais. As ações educativas serão baseadas em palestras ministradas aos produtores, mostrando como devem ser as formas de prevenção dos problemas em bezerros decorrentes das doenças umbilicais.
Coordenador: Taciana Rabelo Ramalho Ramos

Título: Educação sanitária para conscientização sobre criptosporidiose em escolas e no núcleo de apoio à saúde da família de Garanhuns, PE 
Descrição: A criptosporidiose, doença causada pelo protozoário Cryptosporidium spp. tem grande importância em Saúde Pública e Saúde Animal. O protozoário pode acometer aves, répteis e mamíferos, inclusive humanos, caracterizando-se como um parasito zoonótico. Os hospedeiros liberam oocistos no ambiente por meio das fezes podendo contaminar os mananciais e alimentos. Sabe-se que no Brasil a infecção por Cryptosporidium spp. tem grande relevância e que as condições socioeconômicas, climáticas e hábitos alimentares são importantes para a disseminação do parasito. É importante salientar, que muitas vezes por falta de conhecimento sobre a doença, o diagnóstico é tardio e o início do controle junto à população também. Desta forma, o presente estudo tem como objetivo conscientizar a comunidade escolar de Garanhuns, sobre a criptosporidiose, bem como a população atendida no Núcleo de Apoio à Saúde da Família, para esclarecer quais são os riscos, formas de transmissão e de prevenção contra o Cryptosporidium spp. E enfatizar a importância da adoção de medidas preventivas contra a disseminação do parasito. Para tanto, serão desenvolvidas atividades educativas/ informativas junto aos docentes, discentes e funcionários de escolas, bem como de outros segmentos da sociedade em parceria com o Núcleo de Apoio à Saúde da Família, para prevenção contra a criptosporidiose.
Coordenador: Gílcia Aparecida de Carvalho

Título: Retextualização Intersemiótica na Sala de Aula
Descrição: O presente Projeto de Extensão tem o objetivo de inserir, gradualmente, a circulação de gêneros intersemióticos, como quadrinhos, música, filmes, etc., nos 3º, 4º e 5º anos do Ensino Fundamental das Escolas parceiras, para que, durante o ano letivo, possamos desenvolver atividades de leitura e oralização dos gêneros, bem como o desenvolvimento de atividades de escritura e, em especial, retextualização de HQ pelos alunos. O primeiro momento será dedicado à apresentação das características do gênero em amplo aspecto, como a formação dos quadros,o passo a passo da narrativa,os balões,as onomatopeias,etc.;o segundo será composto de leituras individuais pelos alunos, em aula/casa, de várias HQ com episódios diferenciados, para que se apropriem da funcionalidade do gênero das HQ da TM, e da forma como a construção do texto se dá no decorrer das histórias que vão se formando no desenrolar das narrativas;o terceiro é o momento em que as crianças oralizam, contam, discutem e falam, em sala de aula,  sobre as HQ lidas, com auxílio e participação do professor e dos colegas; o quarto, será o momento em que, individualmente e/ou em dupla, os discentes vão produzir suas próprias HQ, a partir de HQ da TM que lhes serão apresentadas sem os balões e sem os textos escritos, para que eles possam inventar e construir a HQ da forma que entenderem melhor; e o quinto e mais importante, nessa sistemática, serão as retextualizações que serão feitas em duplas a partir de outros gêneros intersemióticos também trabalhados em sala de aula.
Coordenador: Dennys Dikson Marcelino da Silva

Título: Gestão da propriedade leiteira: do tirador de leite ao empreendedor rural 
Descrição: A presente proposta tem como objetivo acompanhar agricultores familiares na gestão de propriedades rurais de produção leiteira em Pernambuco. O acompanhamento será articulado com atividades de treinamento, palestras e análise de dados das propriedades que permitirão promover uma melhoria da produção de leite e da renda de cada produtor. Acompanhamento mensal, durante um período de 12 meses e de maneira individualizada 15 propriedades rurais produtoras de leite por estagiários (graduandos nos cursos de agrárias), um aluno bolsista de extensão rural que acompanhará as atividades de campo e ações de comunicação e extensão. Além desse acompanhamento mensal será realizado um dia de campo e o acompanhamento quinzenal de acesso dos produtores a Feira de Comércio Justo que vem sendo realizada na Unicap em Recife. Auxilio na melhoria das ações de comercialização e no acesso dos produtores. Assim o projeto pretende contribuir em toda a cadeia produtiva, desde a aquisição de insumos, produção na propriedade até o consumidor final. Colaborando com os produtores, com foco na juventude e com os consumidores com foco na qualidade de produtos. O processo de coleta de dados de custo de produção mensal permitirá um diálogo constante com o produtor para troca de saberes, a assistência individualizada e treinamentos coletivos com o grupo assistido e a comunidade do entorno. A inserção dos alunos nos desafios da gestão de propriedades rurais é um processo de aprendizado e para os produtores de aumento de eficiência, trazendo os filhos para o processo de gestão, com vistas a sucessão familiar. 
Coordenador: Daniela Moreira de Carvalho

Título: Letramentos na Escola: leitura de Literatura Infanto-Juvenil
Descrição: Buscando dialogar com as escolas do município de  Garanhuns em respeito a práticas de letramento, formação de leitores e formação docente, este Projeto de Extensão visa a proporcionar práticas de leitura em Literatura Infanto-Juvenil, nas séries iniciais do Ensino Fundamental. Sua abrangência incorre na formação de leitores para a cidadania e o letramento social. Este projeto tem o objetivo de contribuir para práticas de letramento, em especial as habilidades de leitura, em séries iniciais do Ensino Fundamental, da Escola Municipal Artur Brasiliense Maia, utilizando livros de Literatura Infanto-Juvenil. Esta escola está situada no município de Garanhuns-PE. Partimos do pressuposto de Hall (2004) de que projetamos a nós mesmos nas identidades culturais, enquanto internalizamos seus significados e valores, tornando-os parte de nós, o que contribui para veicular nossos sentimentos subjetivos aos lugares objetivos que ocupamos no mundo social e cultural e que a identidade costura o sujeito à estrutura.   Desta feita, entendemos que as práticas de leitura que envolvam as questões culturais e identitárias contribuem para a formação de sujeitos mais críticos no exercício de sua cidadania, nas vivências sociais. As práticas educativas de letramento perpassam a apropriação dos usos de linguagem, seja na aquisição de língua, seja no uso social e pragmático da mesma. Sendo assim, pretendemos buscar parcerias com alguns profissionais de Educação do município no sentido de propor oficinas de formação docente na referida escola, entendendo que seu público-alvo, os discentes, serão diretamente favorecidos em sala de aula. 
Coordenador: Monaliza Rios Silva

Título: Capacitação de caprinovinocultores de assentamentos de Garanhuns/PE sobre o uso do Famacha® no controle da hemoncose
Descrição: Pernambuco possui posição destaque na caprinovinocultura nordestina, possuindo o segundo maior rebanho de ambas as espécies, ficando atrás apenas da Bahia. Apesar disso, o estado possui produtividade ainda baixas, de multifatorial, incluindo a ocorrência de enfermidades, como as parasitoses como destaque. O principal parasito envolvido é o Haemonchus contortus, que é responsável por alta morbidade e mortalidade. O tratamento da enfermidade é comumente baseado no uso de anti-helmínticos, sendo normalmente utilizados de forma equivocada, levando a ocorrência de resistência. O método FAMACHA® aparece como um método de controle bem visto por pesquisadores que, apesar de se fazer uso de fármacos anti-helmínticos, pode auxiliar na redução da velocidade da aparição de cepas resistentes de helmintos. Objetiva-se com a realização do presente projeto capacitar pequenos ovinocaprinocultores de assentamentos do município de Garanhuns/PE para o uso do FAMACHA no controle da hemoncose. Para tanto, pretende-se visitar pequenas propriedades ovinocaprinocultoras de assentamentos do município de Garanhuns/PE. Serão realizadas visitas para realização de orientações sobre o controle das parasitoses, de forma específica a realidade da propriedade visitada. Serão ainda organizadas palestras e um dia de campo, que abordarão os fatores que determinam o aparecimento do problema, perdas de produção, gastos pelo tratamento e causadas pelo tratamento empírico da hemoncose, podendo ocasionar resistência. Serão realizadas demonstrações práticas sobre o uso do FAMACHA®, com a distribuição das cartelas. Espera-se com o trabalho capacitar os pequenos produtores para realização do FAMACHA, aumentando sua produtividade e tornando-os difusores do conhecimento na comunidade.
Coordenador: Luiz Carlos Fontes Baptista Filho 

Título: Extensão na educação universitária: ações voluntárias de inclusão da terceira idade no desempenho sociocultural e acadêmico dos universitários
Descrição: A extensão universitária proporciona ações de responsabilidade social  levando à comunidade os produtos do ensino e pesquisa. A comunidade extra muros, que nesse projeto esta representado pela terceira idade, em contrapartida, devolve à universidade seu amadurecimento com conhecimentos e cultura, num constante diálogo de experiências entre o contexto universitário e comunitário. As ações desse projeto objetivam contribuir significativamente para o desenvolvimento da comunidade acadêmica universitária na maturidade dos discentes  e refletir sobre a função extensionista da universidade e a Terceira Idade como ação para a inclusão e o empoderamento do idoso, oferecendo-lhes oportunidades de convívio cidadão com jovens universitários afastados de suas famílias para profissionalização, podendo agregar numa experiência de mão dupla para companhia e conhecimentos, possibilitando uma vida ativa pelas oportunidades de novos aprendizados e de convívio social. Assim, esse projeto será uma experiência extraordinária de convivência, paciência e equilíbrio emocional e cultural entre a terceira idade local e os universitários do agreste de Pernambuco.
Coordenador: Anamélia Sales de Assis

Título: Ações para orientação reprodutiva de cães e gatos no município de Garanhuns como forma de promoção ao bem estar animal
Descrição: O projeto tem como objetivo realizar ações para orientação reprodutiva no que diz respeito ao uso de contraceptivos em cadelas e gatas, a fim de minimizar o desenvolvimento de enfermidades uterinas, mamárias, dentre outras que podem vir a ocorrer em virtude da administração de progestágenos. Além disso, pretende-se também auxiliar na conscientização de avaliação reprodutiva de machos de meia idade para verificar quanto à presença de patologias prostáticas e testiculares, onde as prostáticas têm uma alta predisposição em virtude da idade. Durante a orientação também será abordado os mitos e verdades sobre a castração em machos e fêmeas, incentivando o procedimento quando for adequado. Para tal orientação serão realizadas palestras em diversas instituições de ensino superior no município de Garanhuns, Pernambuco, bem como atendimento reprodutivo no Hospital Veterinário da UFAPE. Também serão realizadas campanhas com ações concentradas no mês de setembro (SETEMBRO LILÁS PET) e novembro (NOVEMBRO AZUL CANINO) com os mesmos objetivos do atendimento no hospital. Paralelamente serão aplicados questionários durantes as palestras objetivando caracterizar o perfil dos universitários no que diz respeito à conduta para controle reprodutivo de seus animais de companhia (cães e gatos). Aproveitando a oportunidade de contato com discentes universitários, também serão aplicados questionários objetivando conhecer a incidência de estudantes que apresentaram algum distúrbio psicológico ao entrar no meio acadêmico. Também durante as palestras e em mídias sociais serão divulgados animais para adoção que se encontram no Centro de Controle Ambiental de Garanhuns.
Coordenador: Rita de Cassia Soares Cardoso

Título: Orientação técnica sobre criação de galinhas em sistemas alternativos em associações de produtores rurais de Paranatama-PE 
Descrição: A criação alternativa de aves para produção de ovos e carne é uma atividade que, se tecnicamente bem manejada, traz lucratividade ao pequeno produtor rural. Embora seja considerada de baixa complexidade,  os pequenos produtores necessitam de informações e orientações básicas para obtenção de resultados que garantam retorno financeiro, tornando a atividade lucrativa.   Desta forma, objetiva-se organizar minicursos de capacitação e confecção de cartilhas e folders com orientações referentes a instalações e equipamentos, manejo diário das aves, nutrição, sanidade, manejo de ovos comercializáveis e incubação artificial de ovos férteis.
Coordenador: Danilo Teixeira Cavalcante

Título: Veterinária no Colunata
Descrição: Profissionais veterinários atuantes nos município de Garanhuns, pertencentes ao Centro de Controle Ambiental (CCA) - Garanhuns, à Quinta Gerência Regional de Saúde (V GERES) e à Unidade Acadêmica de Garanhuns da Universidade Federal Rural de Pernambuco-UAG/UFRPE - UFAPE, assim com os estudantes do curso de Medicina Veterinária da UAG/UFRPE - UFAPE procederão ações educativas estratégicas junto à população garanhuense presente ao Largo Colunata (Garanhuns-PE) em quatro sábados do ano de 2020, acerca de temáticas associadas à Saúde Única (saúde animal, pública e ambiental).
Coordenador: Antonio Ricardo Santos de Andrade

Título: Ambulatório CCA 
Descrição: O Centro de Controle de Ambiental (CCA) Garanhuns tem como competência e atribuição desenvolver os serviços elencados nos Programas de Controle de Zoonoses, de Doenças Transmitidas por Vetores e de Agravos por Animais Peçonhentos.  Ainda que a clínica veterinária não seja uma atribuição historicamente inerente aos Centros de Controle de Zoonoses (CCZs), há uma crescente pressão da sociedade civil reivindicando serviços ligados à proteção e bem-estar animal; e as quais geram desgaste permanente aos gestores e trabalhadores dos CCZs . O CCZ de Garanhuns, o qual recebe o nome de Centro de Controle Ambiental devido ao recente reconhecimento mundial da importância de se trabalhar conjuntamente a proteção às saúdes humana, animal e ambiental (Saúde Única), enfrenta as clássicas problemáticas de baixo interesse da comunidade pela adoção dos animais ali alojados, construção inadequada para o tempo de permanência dos cães e gatos (por conta das proibições legais de eliminação de cães e gatos em CCZs), comprometimento do bem estar animal enquanto alojados, além da procura de serviço clínico veterinário no CCA Garanhuns por populares de baixa renda. Assim, frente às atuais demandas exigidas aos serviços dos CCZs distribuídos pelo país pela sociedade (incluindo o CCA Garanhuns), função extensionista fundamental das Instituições de Ensino Superior (IES) e a necessidade de cumprimento das exigências das Diretrizes Curriculares da CES/ CNE do Ministério da Educação será objetivo do presente projeto de extensão prover ofertamento de serviço clínico veterinário aos animais abrigados no CCA Garanhuns, bem como, de animais trazidos pela comunidade de baixa renda vizinha.
Coordenador: Tania Alen Coutinho

Título: O Laboratório Multidisciplinar de Tecnologias Sociais como espaço permanente de pesquisa, ensino e extensão
Descrição: O projeto 'O Laboratório Multidisciplinar de Tecnologias Sociais como espaço permanente de pesquisa, ensino e extensão' nasce da necessidade de se dar continuidade às suas ações extensionistas realizadas no espaço, para fortalecer o vínculo com os parceiros externos habituais e prospectar novas parcerias. Neste sentido, o presente projeto propõe entre suas atividades o desenvolvimento de software para atender as demandas sociais, a criação de um espaço permanente de produção de tecnologias sociais e a realização de oficinas/minicursos e palestras voltadas a qualificação profissional. Esperamos que este desenvolvimento possa proporcionar a sociedade em geral uma formação acadêmico-profissional mais ampla, através da prática, ao mesmo tempo que contribui para o desenvolvimento da comunidade no entorno da universidade.
Coordenador: Anderson Fernandes de Alencar

Título: AGROFEIRA: Feira Territorial da Agroecologia e Agricultura Familiar III
Descrição: Este projeto pretende ampliar uma ação de extensão que já vem ocorrendo desde 2018 na UAG UFRPE e no Parque Euclides Dourado em Garanhuns- de realização de uma feira territorial agroecológica e da agricultura familiar. Pretende-se ir consolidando uma feira na qual outros municípios e organizações que assessoram os agricultores participarão, além de se estimular a continuidade de um grupo de consumo. O enfoque do projeto será respaldado nos princípios da Agroecologia, da Economia Solidária, do Cooperativismo e da Educação Popular. Como etapas de trabalho acontecerão:I- Apoio na Comunicação e Divulgação da feira e de grupos de consumo; II-Apoio à produção agroecológica; III- Processos educativos de formação para feirantes e consumidores, IV- Apoio na certificação e organizações de controle social (OCS).Acontecerão ainda campanhas educativas e uso de comunicação para sensibilização e formação de consumidores. A abordagem e estratégia de uma Extensão Inovadora será respaldada na pesquisa- ação e na abordagem sistêmica, fazendo uso da participação e de rodas de diálogo para a construção coletiva de ações e conhecimentos que possibilitem gerar participação e empoderamento dos agricultores e suas organizações sociais e coletivas. Como resultados espera-se contribuir com experiencias de desenvolvimento local na qual haja produção agroecológica de alimentos, comercialização em circuitos curtos, organização e empoderamentos dos agricultores, trabalho em rede das organizações de fomento e assessoria.
Coordenador: Horasa Maria Lima da Silva Andrade

Título: Ambulatório de Cardiologia Veterinária
Descrição: O Ambulatório de Cardiologia Veterinária (ACV) do Hospital Veterinário Universitário(HVU) da UAG/UFRPE - UFAPE tem como objetivo prestar assistência especializada para cães e gatos que detenham sintomatologia sugestiva de alteração cardiológica, tais como cansaço, síncope, tosse, sopro, ou qualquer outro sinal clínico que indique uma doença cardíaca. Assim, cães e gatos serão encaminhados pelo próprio serviço de clínica médica veterinária do HVU-UAG/UFRPE -UFAPE ou pelo Centro de Controle Ambiental (CCA) de Garanhuns para o ACV, o qual ofertará serviço cardiológico especializado (mensuração de pressão arterial, eletrocardiograma e ecodopplercardiograma) duas vezes por mês.  
Coordenador: Rinaldo Cavalcante Ferri

Título: Laboratório de pesquisa em práticas pedagógica em ensino de ciências itinerante: uma possibilidade para formação de professores da educação infantil 
Descrição: Este projeto  nasce da necessidade de se promover uma articulação entre o ensino básico e universidade em seus três pilares ensino, pesquisa e extensão, que possibilite o abandono de práticas de ensino de conteúdos científicos isolados, visando um ensino de Ciências Naturais articulado com questões sociais, ambientais, científicas e tecnológicas. Como objetivo geral, propomos promover e replicar Laboratórios Interdisciplinares de Práticas Pedagógicas em ensino de ciências em escolas da Rede Municipal da Cidade de Garanhuns/PE com baixos rendimentos no Índice de Desenvolvimento do Ensino Básico (IDEB) e perfil social de risco, onde desenvolveremos sequências didáticas temáticas, contextualizadas, problematizadoras e críticas, tendo como referência a BNCC, e como objetivos específicos implantar e promover a manutenção do Laboratório de Práticas Pedagógicas em Ensino de Ciências (LAPPEC); Promover parceria entre os componentes curriculares (disciplinas), e Currículo  do curso de Licenciatura da Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (UFAPE) e o LAPPEC, estimulando a práxis pedagógica; Construir cursos de formação continuada para profissionais do ensino básico e estudantes do ensino superior; Atrelar o LAPPEC aos espaços de projetos e estágios para estudantes de Licenciatura da UFAPE; Produzir materiais didáticos de vários gêneros que auxiliem nas intervenções realizadas pelo grupo de atividades do LAPPEC nas escolas selecionadas; Produzir e desenvolver oficinas pedagógicas abertas à toda comunidade escolar do Município Garanhuns; Acompanhar e facilitar projetos desenvolvidos nas escolas, previstos no planejamento escolar anual. Será um projeto  extensionista, com uma abordagem qualitativa, tendo como  estratégia de implementação a integração crítica do ensino, pesquisa e extensão desta Universidade.
Coordenador: Cláudio Galvão de Souza Júnior

Título: “Laços” – Manejo populacional de animais domésticos nas imediações da Universidade Federal do Agreste de Pernambuco– UFAPE
Descrição: O projeto de extensão “Laços” tem como objetivo a implantação de um programa de manejo populacional de animais domésticos nas imediações do Campus da Universidade Federal do Agreste de Pernambuco - UFAPE. As ações serão divididas em três fases, sendo a primeira delas o levantamento e caracterização da população de animais domésticos, que será realizada através da aplicação de questionários. Associada a ações informativas e educativas a população. Na segunda fase, será realizado um inquérito sobre as zoonoses e problemas de saúde dos animais dessa região. Já na terceira fase, serão implantadas ações sobre o controle reprodutivo nas espécies pertinentes, com a realização de procedimentos cirúrgicos para esterilização de machos e fêmeas. Através do desenvolvimento do manejo de população de animais domésticos será possível instituir medidas de saúde única, ou seja, promover a saúde e bem estra animal, melhoria no meio ambiente e na saúde publica. Diminuindo assim problemas endemias causadas por zoonoses. As ações ainda irão promover uma integração entre a universidade e a sociedade vizinha as suas instalações, criando um elo e consolidando uns dos tripés da educação de nível superior em Medicina Veternirária.
Coordenador: Denise Granato Chung 

Título: Formação de professores e processos de ensino e aprendizagem de matemática e ciências
Descrição: Em que pesem inúmeras iniciativas voltadas para a formação inicial e continuada de professores, o Brasil ainda precisa avançar muito na oferta de políticas destinadas à este tipo de formação nos diferentes níveis de ensino. O papel da universidade, sobretudo no que se refere à sua vocação para o ensino, a pesquisa e extensão, tem muito a contribuir para efetivar seu compromisso social em prol da melhoria da qualidade da educação brasileira. Nesse sentido, o projeto de extensão 'Formação de professores de Matemática e Ciências buscará congregar professores da educação infantil e dos anos iniciais do ensino fundamental e estudantes de licenciatura em pedagogia para estudar e refletir sobre formação inicial e continuada de professores que lecionam Matemática e Ciências e seus processos de ensino-aprendizagem (didática, avaliação, metodologias, construção de matérias didáticos, livro didático, recursos didáticos, jogos, interdisciplinaridade, dentre outros). Sua realização visa também constituir-se numa oportunidade de atualização de resultado de pesquisas no campo da Educação Matemática e de Ciências, e assim propiciar a socialização de conhecimentos teóricos e práticos através de Colóquio, palestras e oficinas.
Coordenador: Luciano Cavalcanti do Nascimento

Título: Importância das necropsias e exames histopatológicos para a Medicina Veterinária
Descrição: Será divulgada a discentes do primeiro ao quarto período de Medicina Veterinária através de palestras a importância das necropsias e exames histopatológicos para o diagnóstico de doenças e serão distribuídos panfletos com divulgação sobre o tema nas clínicas de Garanhuns e no Hospital Veterinário e durante o período de realização do projeto serão realizadas necropsias e exames provenientes destes locais, com emissão de laudos.
Coordenador: Márcia Bersane Araújo de Medeiros Torres

Título: UFAPEANAS
Descrição: As UFAPEANAS são ações culturais da Biblioteca voltadas para estudantes do ensino médio da rede estadual do Agreste de Pernambuco, que se organizam em dois momentos. No primeiro momento, será exposta uma breve apresentação dos cursos de graduação da UFAPE. No segundo, será realizada a ação cultural propriamente dita (oficinas, fóruns de leitura, rodas de debates, palestras, etc.). Serão vivenciadas  temáticas das diversas áreas do conhecimento, especialmente, das artes e dos direitos humanos.
Coordenador: Ilca Suzana Lopes Vilela

Título: Assistência técnica ao suinocultor da microrregião do agreste de Pernambuco
Descrição: Vinte propriedades rurais, localizadas nos municípios de Brejão, Garanhuns e Paranatama, estado de Pernambuco, nas quais haja produção de subsistência ou pequena produção de suínos, serão assistidas tecnicamente pela equipe de execução do presente projeto de extensão. As propriedades serão visitadas regularmente ao longo de todo ano de 2020 pela equipe executora e a assistência consistirá em aplicação (ou correção) de manejos técnicos voltados para sanidade, reprodução, nutrição e bem estar animal adequados à realidade de cada produção encontrada, visando melhorar a produtividade do pequeno produtor ou produtor de subsistência, assegurando um retorno mais rentável da atividade pecuária praticada em sua propriedade.
Coordenador: Elton Roger Alves de Oliveira

Título: Aperfeiçoamento e acompanhamento de queijarias artesanais do agreste de Pernambuco
Descrição: Os agricultores familiares, que produzem queijo de coalho artesanal, do Agreste de Pernambuco, embora tenham se conscinetizado a cerca da necessidade de um ambiente padronizado parasua produção,  ainda há a necessidade de acompanhamento para apresentar-lhes as tecnologias adequadas no seu processo de fabricação. Diante desta realidade, os núcleos de agricultura familiar deste ramo convivem diretamente com três questões que acometem sua produção: a) má qualidade da matéria-prima (leite) no manejo de seus animais; b) a fabricação de queijo de coalho com qualidade comprometida pela ausência de práticas higiênico-sanitária; c) o processo de produção compromete a qualidade e segurança alimentar, diminuindo a potencialidade mercadológica do produto; e c) a falta de conhecimento técnico da produção do queijo, o que leva à falta de padronização dos queijos comercializados.  Nesse sentido, este projeto de extensão do Grupo de Estudo, Pesquisa e Extensão em Leite e Derivados (GPLac), em conjunto com o SEBRAE, visa a melhoria da produção, processamento, comercialização e agregação de valor do Queijo de Coalho Artesanal de Agricultores Familiares, cujo objetivo principal é desenvolver nestes núcleos de pequenas agroindústrias familiares, os requisitos básicos de Boas Práticas Agrícolas (BPA) e Boas Praticas de Fabricação (BPF), visando elevar o padrão de qualidade do queijo de coalho artesanal, por meio da melhoria no processo produção, de comercialização e sustentabilidade do meio ambiente em que vivem.  
Coordenador: Gerla Castello Branco Chinelate

Título: Um Modelo de Processo de Desenvolvimento de Software: guia de referência para times pequenos e/ou distribuídos
Descrição: Em ascensão na última década, o Desenvolvimento Global de Software, que tem como conceito a distribuição dos seus processos de desenvolvimento tem sido investigado pela indústria e a academia, com intuito de aumentar o embasamento sobre as melhores experiências e recursos utilizados em projetos distribuídos. Em outro contexto, o Desenvolvimento Ágil se tornou uma das metodologias de desenvolvimento de software mais utilizados na indústria, esse método surgiu com alguns novos conceitos, como entregas frequentes, melhor comunicação, foco especial em codificação, entre outros.    Na literatura há evidências das práticas Ágeis e o Desenvolvimento Global de Software trabalhando em conjunto, com o objetivo de explorar os pontos fortes de cada conceito e reduzir seus desafios. Porém, existem poucas formalidades de Processos de Software que servem como referências para o desenvolvimento de software nesse contexto, principalmente com pequenas equipes.  O objetivo deste trabalho é propor um modelo de processo ágil de desenvolvimento de software baseado em evidências para equipes pequenas e/ou distribuidas, capaz de auxiliar  empresas nas atividades demandadas em seus contextos. Dessa maneira, os usuários de um projeto possuem uma referência formal e padronizada sobre os papéis, ferramentas, fases, artefatos e práticas utilizadas para cada fase no desenvolvimento de um projeto.  Este trabalho pode beneficiar a área da Engenharia de Software como todo, disponibilizando um modelo de Processo de Software que pode ser utilizado por diversos segmentos de empresas, com um foco maior nas micro e pequenas organizações, utilizando o cenário distribuído ou não.
Coordenador: Rodrigo Gusmao de Carvalho Rocha

Título: Planejamento da Colheita de Produtores de Frutas Através do Reconhecimento de Padrões Visando o Uso Racional de Recursos
Descrição: O desperdício de alimentos é um dos grandes problemas que desafiam a sociedade atualmente. A importância do tema é reforçada pela preocupação com o crescimento da população mundial e o consequente desafio de como prover alimentação sem comprometer os recursos naturais do planeta. Na cadeia produtiva de alimentos, dentre as várias etapas onde produtos alimentícios podem ser desperdiçados até que o alimento chegue ao consumidor final, a fazenda produtora é o primeiro deles e tem o potencial de gerar grande impacto. Só nos Estados Unidos, cerca de 9 bilhões em quilos de alimentos são desperdiçados ainda na fazenda onde são produzidos. Como consequência da perda de alimentos nas propriedades rurais, estão o desperdício de água e energia elétrica, geração desnecessária de resíduos, degradação do solo e impactos econômicos. Em um contexto onde regiões, como a do Nordeste, sofrem bastante com a restrição hídrica, faz-se necessário o uso de mecanismos que permitam estimar precisamente a produção, implicando assim no uso racional de recursos e um bom planejamento do escoamento dos cultivos. Portanto, o objetivo deste trabalho é desenvolver uma solução inteligente para mensurar a quantidade de frutos que poderão ser aproveitados ao fim da colheita, baseado no conhecimento das ciências agrárias e em conjunto com soluções computacionais, utilizando técnicas de reconhecimento de padrões a partir de imagens da plantação. Além disso, iremos efetuar o treinamento e implantação dessa solução em alguns plantios de produtores rurais do Estado de Pernambuco.  
Coordenador: Jean Carlos Teixeira de Araujo

Título: Projeto Amigo Especial 
Descrição: Crianças com deficiência têm uma rotina de atividades bastante intensa, que variam desde aulas até tratamentos médicos, fisioterapêuticos e fonoaudiológicos. Muitas vezes, a evolução da criança nessas atividades é lenta e trabalhosa, causando tensão, cansaço e estresse para o sujeito, bem como para seus responsáveis.   A intervenção assistida por animais (IAA) se dá em diferentes níveis, podendo envolver terapia, requerendo profissionais especializados nas áreas-alvo da terapia, ou pode envolver atividades, o que amplia o leque de participantes, tendo como foco a promoção do bem-estar dos indivíduos-alvo da ação, sendo esta última, o escopa da presente ação.  O Projeto Amigo Especial visa atender aos alunos e/ou pacientes atendidos na APAE-Garanhuns, através de visitas quinzenais em que as crianças terão a oportunidade de interagir com os animais (cães, gatos e aves, como calopsitas) através de atividades de reconhecimento das espécies, raças, sexo e nomes dos animais envolvidos na ação, possibilidade de interagir diretamente com o animais através do toque, promovido por meio do afago, escovação dos pelos, fornecimento de petiscos e através de brincadeiras,  utilizando bolinhas ou outros objetos que favoreçam a atividade lúdica.  A interação homem-animal tem promovido benefícios em níveis comportamentais e orgânicos comprovadamente, tendo sido amplamente utilizada para auxílio a indivíduos idosos, esquizofrênicos ou com quadros graves de depressão, bem como para pessoas com deficiência.  Assim, espera-se que as atividades assistidas por animais (AAA) promovam melhoras significativas no bem-estar das crianças, responsáveis e profissionais envolvidos, bem como aproxime os saberes desenvolvidos e adquiridos no âmbito da universidade à comunidade.
Coordenador: Denise Fontana Figueiredo Lima 

Título: Curso de Atualização para Professores de Matemática do Ensino Médio no município de Garanhuns
Descrição: 
Coordenador: Murilo Chavedar de Souza Araujo

Título: Implantação de ferramentas na gestão da qualidade em indústria de laticínios do agreste de Pernambuco
Descrição: 
Coordenador: Gerla Castello Branco Chinelate

Título: II Workshop de Gestão de Empresas e Mercado
Descrição: 
Coordenador: Luciano Pires de Andrade

Título: Ciência e Tecnologia de Cerveja
Descrição: 
Coordenador: Thibério Pinho Costa Souza

Título:  Desenvolvimento de uma plataforma auxiliar no gerenciamento didático e informativo de laboratórios de universidades
Descrição: 
Coordenador: Rodrigo Cardoso Amaral de Andrade 

Título: Promovendo e divulgando o Curso de Pedagogia e suas ações a sociedade
Descrição: 
Coordenador: Anderson Fernandes de Alencar 

Título: Cátedra Paulo Freire: espaço de reinvenção do legado freiriano
Descrição: 
Coordenador: Anderson Fernandes de Alencar

Título: Curso de Capacitação em Comunicação Popular e Redes Sociais
Descrição: 
Coordenador: Caetano de Carli Viana Costa

Título: I Seminário de Educação de Pernambuco
Descrição: 
Coordenador: Catarina da Silva Souza