Dissertation Writing service Buy Dissertation Online essay writing service cheap essay writing História | UNIVERSIDADE FEDERAL DO AGRESTE DE PERNAMBUCO
 

História

A Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (UFAPE) tem sua origem no ano de 2018, a partir da Lei Nº 13.651, de 11 de abril de 2018, através do desmembramento da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) / Unidade Acadêmica de Garanhuns (UAG); Unidade esta que foi criada no ano de 2005, por meio de programa de expansão universitária.

Desta forma, a UFAPE vem a assumir toda a estrutura física, patrimonial e de pessoal da até então UAG/UFRPE.

Em 27 de dezembro de 2018, teve início a vigência do Termo de Colaboração Técnica, celebrado entre o Ministério da Educação (MEC), por intermédio da Secretaria de Educação Superior, e a UFRPE, para a implantação da UFAPE, com vigência de 12 (doze) meses, podendo ser prorrogado, mediante celebração de Termo Aditivo, por acordo dos partícipes.     

Em 1º de janeiro de 2019, por meio do Decreto Nº 9.660, o Poder Executivo vinculou a UFAPE como entidade da administração publica federal.  

No dia 24 de janeiro de 2019, no auditório da Sala dos Conselhos Superiores da UFRPE, no Campus Recife/Dois Irmãos, foram iniciados os trabalhos das equipes técnicas envolvidas no processo de transição que deverá culminar com a completa autonomia desta nova Universidade Federal.

No dia 30 de janeiro de 2019, a Reitoria da UFRPE publicou a Portaria Nº 132/2019-GR, que instituiu a comissão de transição para a implantação da UFAPE; comissão que é composta tanto por servidores da Sede/UFRPE quanto por servidores da UAG/UFRPE (UFAPE). 

Em solenidade realizada no MEC, em Brasília-DF, no dia 12 de dezembro de 2019, o prof. Dr. Airon Aparecido Silva de Melo, até então Diretor Geral e Acadêmico da UAG/UFRPE, toma posse como o primeiro Reitor da UFAPE.

Missão:

Fomentar, produzir e difundir conhecimentos e inovação, através das atividades de ensino, pesquisa e extensão, em consonância com as especificidades regionais, com a sustentabilidade socioambiental e a diversidade social, econômica e cultural.

Objetivos:

1. Consolidar e fortalecer o processo de interiorização do ensino superior, nas modalidades de ensino de graduação e da pós-graduação.

2. Afirmar a identidade simbólica, contextual e as especificidades regionais que caracterizam os espaços do agreste e sertão nordestinos em seus diferentes territórios.

3. Contribuir para a superação das desigualdades de acesso à educação superior e ampliar os níveis de escolarização em municípios fora das áreas metropolitanas.

4. Ofertar às populações que vivem nas regiões e territórios afastados das metrópoles, o acesso à educação integral gratuita e de qualidade contemplando variados níveis de formação nas diversas áreas do conhecimento científico e informacional.

5. Ampliar as possibilidades de ingresso de jovens no ensino superior e garantir as condições de permanência e de acessibilidade dos alunos oriundos da educação básica pública.

6. Implantar e consolidar o ensino superior público e gratuito fundamentado nas estruturas e bases teóricas consonantes com a produção do conhecimento científico universal, em sintonia com referências local, regional e nacional, as demandas e as possibilidades da região abrangida.

7. Contribuir com a construção de conhecimentos que devam ampliar os indicadores sociais, além de agregar valores econômicos, socioculturais e melhorar a qualidade de vida da população local e regional.